4.4 - Análise do Número de Homens por Ocorrência:


Fig.22 Número Médio de Homens por Ocorrência

Fig. 23 Número Médio de Homens por Ocorrência e por Mês

Nota: Este gráfico é organizado a partir da hora de inicio da ocorrência.

Chama-se atenção que os valores relativos aos 3 primeiros são atípicos devido ao seu baixo número para o calculo de um valor médio.

Fig. 24 - Número Médio de Homens por Ocorrência e por Hora
 
 

O número de homens ou efectivos nas operações tem dois tipos de consequências. Por um lado o maior número de efectivos exige um maior esforço de coordenação logo em consequência um maior número de efectivos nos centros de situação. Por outro lado ao sistema existe um maior número de inquisições e exige-se uma maior prontidão na resposta.

Ainda não nos é possível conhecer o número de pesquisas que se fazem ao sistema na sala de operações do SNPC pois não são feitos qualquer tipo de registos sobre essa actividade, mas através da informação fornecida via Internet é possível avaliar o volume de informação pesquisada assim como o quê.